- Apresentação das guias pedagógicas para a solidariedade de Haren Alde
07-05-2011 Madrid (España)
Este material, disponível para os colégios e já usado numa semana de conscientização para os alunos do Colégio Santo Agostinho de Valladolid, constitui válido instrumento para o ensino de valores e para a criação de consciência social.
A ONG Haren Alde apresentou recentemente suas guias pedagógicas para a solidariedade, um material de especial significado e utilidade que já se encontra disponível para todos os colégios e centros de ensino que desejarem aplicá-lo a seus alunos.

As guias foram elaboradas por uma equipe de especialistas, com a colaboração da Editora SM e de REDES, entidade coordenadora de ONGs, à qual Haren Alde pertence. A Junta de Castela-e-Leão participou no financiamento, uma vez que sua apresentação se deu no Colégio Santo Agostinho de Valladolid, lá servindo como material pedagógico principal no decorrer de uma semana de conscientização.

Essas guias foram preparadas de modo especial para cada um dos ciclos de ensino em vigor no sistema educacional espanhol. Assim, há uma guia dedicada ao primeiro ciclo do Ensino Secundário Obrigatório (ESO), que corresponde a alunos com idades entre 12 e 13 anos, intitulada “Muitas pessoas precisam de você! Seja solidário!”; outra especial para o segundo ciclo do ESO (alunos de 14 e 15 anos) intitulada “Seja solidário, você será mais feliz”; e outra mais adequada os alunos do segmento equivalente ao fim do Ensino Médio (16 e 17 anos), intitulada “Assomando-nos ao exterior”.


MuITAS peSsoas PRECISAM DE VOCÊ! SEJA SOLIDÁRIO!

A guia dedicada aos alunos do primeiro ciclo do Ensino Secundário Obrigatório (12 e 13 anos) caracteriza-se pela cor azul. Consta de quatro páginas de cartolina, em que figuram textos, fotografias e dados reveladores para o aluno.

Em primeiro lugar, um texto apresenta a solidariedade como calma para a alma. O aluno é convidado a ser solidário sem se preocupar com a opinião dos outros, e a começar pela solidariedade com os que lhe estão mais próximos. Trata-se também do valor da generosidade como fonte de felicidade pessoal e meio concreto para novas e gratificantes experiências.

Na segunda página, o aluno abre seus olhos ante um mundo real, bem diferente daquele com que está acostumado. Pede-se que ele descubra um mundo de desigualdades e de falta de oportunidades para muitos.

Além disso, faz-se uma apresentação da ONG Haren Alde e do seu trabalho no mundo. Um mapa-múndi ajuda a identificar os centros de trabalho onde Haren Alde desenvolve seus projetos.

A terceira página é uma oficina de solidariedade em que o aluno é convidado a realizar um videoclipe, a compartilhar alimentos, a construir uma casa ou a fazer uma colagem sobre o tema “solidariedade”. Deve ainda responder a um questionário que lhe ajuda a desenvolver consciência do que já sabe sobre cooperação e ajuda aos demais.

Na contracapa, figuram diversas tarefas que podem ser realizadas em casa. Os alunos são convidados a procurar um vídeo sobre cooperação na internet, a contar uma experiência pessoal de ajuda a outra pessoa ou a procurar informação sobre como é o funcionamento diário de uma ONG para o desenvolvimento a exemplo de Haren Alde.


SEJA solidÁrio, Você será mais feliz

A guia especialmente elaborada para o segundo ciclo do Ensino Secundário Obrigatória (ESO) tem cor verde-limão e é direcionada a adolescentes de 14 e 15 anos. Na capa, os alunos são convidados a não se preocupar apenas com o que é “seu”: sua vida, seus bens, seu bem-estar. Toda pessoa forma parte do mundo que a rodeia e deve prestar atenção também nas necessidades que este manifesta.

O aluno recebe a proposta de trabalhar em três objetivos principais: recordar que seu crescimento pessoal depende do crescimento dos demais; procurar formas de ser solidário; e, por fim, experimentar a solidariedade de uma forma real e prática.

Na segunda página, o aluno descobre o papel de todas as sociedades nos conflitos que diariamente aparecem nos meios de comunicação. Contrapõe-se o valor da solidariedade aos poderes econômicos, políticos e aos interesses geoestratégicos que geraram tais conflitos.

A terceira página é uma apresentação geral das Organizações Não Governamentais e particularmente de Haren Alde, outra vez com a ajuda de um mapa-múndi, que indica os lugares de ação social em que esta trabalha ao redor do mundo.

Na contracapa, o aluno deve refletir sobre uma série de perguntas em que se pede a sua opinião, revelar a sua experiência em solidariedade e mostrar as razões pelas quais considera importante ser solidário.

Por último, ele é convidado a assumir alguns valores e atitudes simples que refletem o afã de solidariedade: ser amável, respeitoso, generoso, ajudar nas pequenas tarefas domésticas, partilhar seu tempo e tentar compreender outras culturas, crenças e tradições.


Assomando-nos ao exterior

Finalmente, Haren Alde apresentou uma guia especial para os alunos do ciclo equivalente aos últimos anos do Ensino Médio, cujas idades oscilam entre 16 e 17 anos. A guia tem a cor laranja e começa convidando o aluno a reconhecer as desigualdades existentes em nosso mundo. Como solução, propõe-se a solidariedade, que se define e explica. Através de uma notícia de jornal, pede-se ao aluno que reflita sobre as razões que levam as pessoas a ser solidárias e que dê sua opinião sobre estas ações de solidariedade.

Na segunda página, apresenta-se mais especificamente um manifesto contra a pobreza no contexto das Metas do Milênio marcadas pelas Nações Unidas. Trata-se de um texto informativo que propicia a reflexão do aluno sobre a mancha que representam a pobreza e a fome no começo do século XXI.

Na terceira página, continua o texto do manifesto, mas, passando agora à “ação”, é dito ao aluno o que se solicita exatamente de todas as sociedades a partir das Metas do Milênio, o compromisso firme que se pede a governos, a empresas, a instituições e a pessoas individualmente, para que o mundo possa mudar de uma maneira real e eficaz. Os alunos, em grupo, refletem sobre o conteúdo do manifesto e mostram suas opiniões a respeito.

Na última página, apresenta-se a ONG Haren Alde, o seu labor e os centros operativos de que dispõe em todo o mundo. Propõe-se também uma série de tarefas para o aluno: selecionar vídeos de iniciativas solidárias, procurar informação diferente na internet e, por fim, analisar os próprios problemas existentes no entorno social em que se vive, a fim de se ver de que maneira cada um poderia oferecer sua ajuda.

Esses folhetos encontram-se disponíveis na sede de Haren Alde para aqueles centros educacionais que os solicitarem.

© HAREN ALDE - A favor dos demais. ONG'D agostiniana recoleta. General Dávila, 5, bajo D. 28003 - Madrid, Espanha. Telefono e fax: 915 333 959. NIF: G-31422793. Inscrita no Registro Nacional de Associações com o número 115.324. Declarada de Utilidade Pública o 17 de Julio de 2000.
Inicio Quem somos Onde estamos O que fazemos Notícias PUBLICAÇÕES FALE CONOSCO
-
español english