- Haren Alde apresenta à Prefeitura de Valladolid o informe final do projeto de apoio ao Centro Esperança de Tapauá
05-09-2017 Valladolid, Espanha
O projeto, intitulado “Centro Esperança: melhoria da oferta de atenção e de formação profissional e artística para os menores de idade em situação de vulnerabilidade socioeconômica de Tapauá, Amazonas, Brasil”, permitiu estender esse serviço socioeducativo a um total de 227 menores.
A ONGD agostiniana recoleta Haren Alde apresentou à Prefeitura de Valladolid (Castela e Leão, Espanha) o informe final de todas as atividades realizadas no projeto de apoio e melhoria de atividades do Centro Esperança de Tapauá (Amazonas, Brasil) durante o presente ano letivo.

A Prefeitura de Valladolid concedera uma subvenção de €20.660,20 em sua convocatória de subvenções destinadas a cooperação para o desenvolvimento em 2016. Essa subvenção significou 67% do custo total do projeto (€30.813,54), em que também participaram a contraparte local (Prelazia de Lábrea, com €9.459,04 ou 31%) e a própria ONGD Haren Alde (com €694,31 ou 2%).

O período de execução do projeto foi de doze meses. Durante esse tempo, o Centro Esperança permitiu que 227 menores recebessem uma atenção pormenorizada e integral. O sistema funciona em dois turnos, de manhã ou de tarde, dependendo do turno da escola formal dos alunos do Centro Esperança, já que, para participar das atividades do centro, é obrigatória a frequência à escola formal.

Assim, durante o tempo em que não estão na escola, os jovens que acodem ao Centro Esperança têm a possibilidade de participar nalguma das oficinas semiprofissionais e de habilidades diversas que se oferecem. Podem-se aprender técnicas relativas ao corte e costura (croché, costura), artesanato, cozinha e elaboração de alimentos, informática e entorno Windows, música (teclado e violão).

Os outros eixos principais da atenção brindada pelo Centro Esperança são o apoio ao ensino formal (elaboração acompanhada das tarefas escolares, reforço das matérias em que o aluno tem mais dificuldade), a segurança alimentar (a oficina de cozinha elabora todos os dias uma merenda nutritiva para os alunos) e o lazer sadio (atividades desportivas e culturais como teatro, apresentações musicais e humorísticas).

Por último, o Centro Esperança tem uma função importante em relação ao contexto social do aluno. Por esse motivo, fazem-se visitas aos domicílios e leva-se um registro de necessidades básicas e da situação geral de cada unidade familiar.

Tapauá está num contexto de isolamento pela selva amazônica e pela falta de infraestruturas de transporte e comunicação, pela pobreza, por um deficiente sistema de políticas sociais públicas, de violação de direitos fundamentais, por um sistema educativo deficitário e poucas alternativas de emprego.

Este coquetel impõe um grande risco de exclusão social aos mais jovens. Desde 1998, o Centro Esperança quer ser um lugar que proporcione aos adolescentes o espaço adequado para a aprendizagem de valores e de habilidades e, ao mesmo tempo, evitar a influência da rua e das redes de exploração, da violência ou do crime.

O projeto, uma vez realizado, graças ao financiamento da Prefeitura de Valladolid, permitiu melhorar a oferta formativa profissional e artística, garantindo-se assim o funcionamento de todas as áreas de serviço (equipe de formadores e monitores, oficinas com seus insumos, alimentação, visitas aos domicílios) e oferecendo-se, ainda, oficinas e tutorias com assistência das famílias.

© HAREN ALDE - A favor dos demais. ONG'D agostiniana recoleta. General Dávila, 5, bajo D. 28003 - Madrid, Espanha. Telefono e fax: 915 333 959. NIF: G-31422793. Inscrita no Registro Nacional de Associações com o número 115.324. Declarada de Utilidade Pública o 17 de Julio de 2000.
Inicio Quem somos Onde estamos O que fazemos Notícias PUBLICAÇÕES FALE CONOSCO
-
español english